quinta-feira

Não aguentei e...

...mandei-lhe uma mensagem, pronto. Fui educada e simpática, pois o moço não me é nada e não tem qualquer obrigação em falar comigo. Mas a meio da coisa também lhe disse que sabia perfeitamente que ele me andava a "evitar" o que, dependentemente de ter um coração mole ou não, o pode deixar desconfortável (ou não...). Muito sinceramente não me acredito que me responda...não me parece ter tomates suficientes. Afinal de contas, o que dizer a gaja à qual andamos a fazer o filme e dispensámos logo a seguir? Pois...

3 comentários:

M disse...

Mas tu não convives diariamente com ele?
Assim será ainda mais constrangedor cada vez que se cruzarem e ele olhar para o lado todo vermelhusco com vergonha.

Maggie Lovestoned disse...

Nao M, infelizmente sao raras as vezes que me cruzo com ele. Somos da mesma cidade, mas existe apenas um sítio que ambos frequentamos e... nem é sempre estamos lá os dois. Confesso que estou ansiosa por voltar a vê-lo, sempre quero ver o buraco no qual ele se vai enfiar! :)

SuperSónica disse...

Confirma-se...é igual a um que conheço...pensei que fosse só comigo que isso acontecesse...